170 ANOS DE UMA DETERMINAÇÃO QUE AINDA HOJE NÃO É CUMPRIDA

Em 04 de setembro de 1850, o então Ministro da Justiça do Brasil, Eusébio de Queirós, pressionado pela Inglaterra, proibiu a entrada de africanos escravos no Brasil. Desde 1845, todo o navio que estivesse trazendo escravos para comercializar na América era apreendido pela Esquadra Britânica. O tráfico foi ficando insustentável e o Ministro promulgou a Lei, em pleno Segundo Reinado. Mesmo que depois tenhamos tido outras Leis que culminaram com a chamada Lei Áurea, em 1888, ainda hoje temos tráfico de pessoas e escravidão em nosso país.
Há que mudar o rumo da história.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *